terça-feira, 8 de maio de 2018

Orientação escolar para o mercado de trabalho – parte 2


Em continuação ao post anterior (veja aqui), segue a segunda etapa do processo.
Após o questionário, foi descrita uma posição de trabalho numa loja e meu filho agora está preparando uma carta de apresentação para o respectivo cargo que no caso em pauta é o de assistente de vendas.

Para muitos jovens aqui, este é o primeiro trabalho.

Pelo que meu filho explicou, quando há muitas pessoas para um determinado trabalho, as entrevistas são  coletivas e a primeira seleção é feita através da carta de apresentação,  assim que é de suma importância que esta seja bem pensada e bem redigida.
Não irei traduzir o anúncio todo, apenas trarei algumas partes para efeito de compreensão do processo.

 “A empresa  X  é dinâmica, divertida e possui um ambiente de trabalho fascinante.
Você terá a iniciativa de  garantir que nossos clientes possam receber o melhor serviço e buscará  diretrizes do gerente da loja sobre como efetuar as tarefas e alcançar os objetivos. Nós oferecemos um salário competitivo e um excelente desconto nos produtos”.

Há também uma lista de requisitos para a pessoa que estiver interessada no trabalho, incluindo o perfil da pessoa que estão procurando, não só por suas qualificações, como também por suas qualidades. Ex.: Possuir excelente comunicação e competência para atender clientes.  Ter entusiasmo, alta motivação e outros.

Por último, aparece o horário de trabalho e uma nota avisando que ter experiência prévia é muito bom, mas que isso não é um requisito.

Agora o que se segue , são diretrizes e tabelas a serem preenchidas, a fim de ajudar  o aluno a escrever a carta de apresentação.

  1.  Sublinhar tudo que chama a atenção  e o que lhe interessa  neste trabalho (Ex.: salário, posição, tarefas, ambiente de trabalho) dando justificativas para cada escolha.
  2. Escrever o primeiro parágrafo , o qual deve ser curto, simples e se relacionar com a função do trabalho.
  3. Listar 6-8 palavras- chaves que o empregador usa no anúncio para descrever o que os candidatos precisam ter a fim de serem recrutados para o cargo e ao lado de cada uma delas, escrever as aptidões/atributos pessoais relacionados. Exs.:  Serviço de atendimento – boa comunicação verbal, sociável.  Dinâmica, divertida e ambiente fascinante de trabalho - pessoa inovadora, com bom humor, etc…
  4. Identificar as aptidões e os atributos pessoais descritos no ítem acima.
  5. Escrever dois exemplos para cada aptidão/atributo listado acima, os quais demonstram suas experiências nestas áreas. Ex.: Social – participação em diversos times, Inovador – Gostar de novas idéias, criar jogos na internet, projetos de ciência (feira de ciências no colégo).
  6. Último parágrafo: Este é um pequeno resumo do porquê meu filho deseja o respectivo trabalho onde se menciona que está incluindo o respectivo CV e agradecendo o empregador por considerar sua aplicação. 

Após estes passos, com base nas respostas acima, meu filho escreveu  sua carta de apresentação.
Para saber se escreveu tudo o que deveria, há ainda uma lista de tudo o que é necessário  conter na carta, incluindo data e o formato para que ele pudesse conferir.

Antes de submeter a carta ainda se pede que mostre a carta e a lista a duas pessoas (amigos ou familiares)  para que estes também  possam  conferir se tudo está de acordo.

Achei muito legal. Não me lembro de ter tido nada disso em meu colégio.

Bem, isto não acaba por aqui e no próximo post, estarei descrevendo mais coisas.

Até a próxima.