Monday, December 6, 2010

Usando lixo para construir escolas

Antes de mais nada gostaria de lhes trazer uma palestra (via canal TED) sobre a situação do lixo nos oceanos.Para acionar as legendas em português, cliquem por favor em “view subtitles”. Uma janelinha se abrirá e vocês poderão escolher o idioma

Charles Moore fala sobre os oceanos de plástico




Depois de ver o lado escuro da coisa, gostaria de deixar uma luz no túnel.
Para isto venho lhes mostrar o trabalho da entidade “Hug it Forward".


Estou adicionando um outro video, onde se pode ver também a eliminação dos sacos plásticos.




“Hug it Forward (Passe o Abraço Adiante)” é uma entidade sem fins lucrativos baseada em San Diego cuja missão é englobar mudanças intangíiveis com mudanças mundiais tangíveis para um único propósito: unir as pessoas como um todo. A mudança intangível é fornecida através do poder cientificamente comprovado dos abraços. A mudança tangível é fornecida pelo empoderamento das comunidades em se unir, trabalhando em conjunto para um objetivo comum, ou seja, proporcionar escolas construídas a partir de lixo. “Escolas de garrafa”.
Desta forma o custo de cada escola  fica em torno de US$ 9.000,00.
Existem várias maneiras de ajudar este projeto: doações, voluntariado ou enviando abraços através do site, o qual possui uma tecnologia de rastreamento. Para cada abraço que você envia (através do site), os patrocinadores doam  25 cents para financiar as escolas de garrafa.

Até o presente momento já foram construídas 5 escolas na Guatemala.

Gostaria de ressaltar que além da construção das escolas de garrafa, também é proporcionada uma educação ambiental para as crianças.
Para muitos o trabalho pode parecer uma gota no oceano, mas sem ele certamente os oceanos estariam muito mais sujos (baseado no pensamento de Madre Teresa de Calcutá).

Parabéns "Hug it Forward"!
Que vocês possam construir muitas outras escolas de garrafa. 


1 comment:

marinacorbucci said...

Fiquei extremamente feliz ao ver este post, que me foi enviado por um amigo inglês, Heenal Rajani, que faz parte do Hug it forward e ajudou a construir algumas destas escolas na Guatemala.
Não importa se o trabalho tem um pequeno ou grande impacto no mundo, o importante é fazer o que a gente acredita e ir dormir cada dia com a consciência tranquila e com muita satisfação!
Parabéns a todos do Hug it foward e ao pessoal do blog por ter postado!
Abraços