Wednesday, December 28, 2011

Defensores da vida - Life Defenders


“Se eu puder pelo menos impedir um coração de partir,
não terei vivido em vão;
Se aliviar o sofrimento de uma vida,
Suavizar uma dor,
Ou ajudar um pássaro desfalecido
de volta ao seu ninho,
Não terei vivido em vão.”
- Emily Dickinson

Louis Pasteur estava certo quando disse que a diferença entre o possível e o impossível está na vontade humana. Grande exemplo disso é o meu querido amigo Ricardo Negreiros (reestruturador de empresas) que se cansou de ver  nossas crianças sendo alimentadas pela violência virtual e resolveu agir. Para isto ele, juntamente com sua esposa, Aparecida Negreiros inventaram um jogo chamado  “Life Defenders”, que cria uma consciência com relação ao nosso futuro e das futuras gerações. O jogo trabalha o desenvolvimento de uma sociedade sustentável e de valores, ensinando nossas crianças a importância de preservar a natureza, a fauna e a flora, bem como o nosso planeta. Em breve os leitores poderão acessá-lo no Facebook.
Aproveito para compartilhar aqui o tema musical que ele elaborou.





Tradução:

TEMA DOS LIFE DEFENDERS
Por: Ricardo Negreiros, Alan Russel Pratt e Emmanuel Gilligan
Vocal: Ethan Alan Hawk
Dezembro de 2011 (v.1)
Algumas pessoas dizem que o Universo
nasceu a partir do caos e do acaso
Mas a ordem da vida regula tudo
e orquestra a dança cósmica
Os homens se vêem como mestres
Com poderes de pensamento e da razão
Mas eles têm matado e têm ferido
Em sua conquista da Terra
Devemos usar esses poderes
para a liberdade!
 
Eu quero dar minha vida, meu tempo,
meu amor, meu cuidado
Para aqueles que querem e precisam
o que eu tenho para compartilhar
Para as crianças
que não podem sonhar ou brincar 
Desde o mais pequeno pássaro
Até à maior baleia
Neste lindo Mundo
tão cheio de esplendor
Eu estarei de pé ao seu lado... porque sou
Um LIFE DEFENDER!
 
É um sonho, mas não é impossível
Nossas esperanças estão longe de estarem perdidas
Nós podemos construir um mundo novo juntos
A causa vale à pena 
Trabalhando com meu coração e mãos
Para permitir que cada criatura
em todas as terras saiba
Que alguém está ali
e alguém se importa
comigo eles têm um amigo
Eu quero dar minha vida, meu tempo,
meu amor, meu cuidado
Para aqueles que querem e precisam
O que tenho para compartilhar
e construir um mundo melhor
(Para crianças)
Que não podem sonhar ou brincar
(Cada criatura)
Desde o mais pequeno pássaro
Até à maior baleia
Neste lindo Mundo
tão cheio de esplendor
Eu estarei de pé ao seu lado... porque sou 
Um LIFE DEFENDER!
  
------ Pausa instrumental
Para as crianças
(Para crianças)
Que não podem sonhar ou brincar
Desde o mais pequeno pássaro
Até à maior baleia
Vamos fazer a nossa parte
e construir este sonho
Defender e respeitar
o mundo em que vivemos
e demonstrar amor e cuidado
a toda criatura
Com atitude está dentro do nosso alcance
Estou pedindo para você levantar-se também,
Então, fique comigo,
Eu vou ficar ao seu lado
Por este Universo
tão cheio de esplendor
Por favor, fique comigo e seja...
SEJA UM LIFE DEFENDER!
UM LIFE DEFENDER!




Agradeço a vocês, Ricardo e Aparecida pela contribuição e pela luta incansável para transformar este mundo num lugar melhor para todos nós.
Vocês nos mostram que o céu é o limite.

Um feliz 2012 para todos nós. Muita paz, muita saúde e muitas realizações.
Até o ano que vem.

Wednesday, December 21, 2011

Feliz Hanukah, Feliz natal


Hoje é Hanukah e o dia amanheceu com uma felicitação da mãe do Mattie J.T. Stepanek.
Obrigada Jenny.
Já faz tempo que desejava deixar a mensagem do Mattie aqui no blog.
Lamentavelmente com os últimos acontecimentos praticamente não consegui mais escrever, mas aos poucos vou voltando e creio que hoje o poema dele me toca ainda mais por ver bem de perto as conseqüências dos atos impensados dos adultos.
Bem Mattie, seja lá onde você estiver, trago a sua mensagem aqui.
Infelizmente para as crianças do nosso colégio já não há mais tempo. As portas se fecharam. As lágrimas foram muitas; tanto dos alunos quanto dos professores.
Portanto, em nome destas crianças, que incluem também crianças especiais (que para mim são mais que especiais), peço aos leitores que tomem alguns segundos de seu tempo e leiam o poema do Mattie,  “Para o nosso mundo” (versão em inglês com tradução para o português). É só clicar no título do poema, em azul.

E no embalo do poema do Mattie, este lindo menino, poeta e pacifista que passou por aqui nos deixando tantas lições (recomendo a leitura de seus livros que são maravilhosos) aproveito a festa de Hanukah onde comemoramos a liberdade religiosa para deixar um poema de minha filha.


  



Que possamos parar, calar, perceber, ser e fazer com que o mundo se torne um lugar melhor para se viver.

Feliz Hanukah e feliz natal pra você Mattie e sua mãezinha querida e a todos os que comemoram. Que possamos viver em paz.

Tuesday, December 6, 2011

Massada cai pela segunda vez

Neste fim de ano seria o dia da graduação de minha filha no Massada College. Tivemos que fazer um evento informal para permitir que as crianças da escola pudessem se despedir de forma digna de seus professores, após serem abandonadas por sua própria comunidade.

A escola fechou suas portas em julho deste ano. Quem conhece a história de Kamtza e Bar-Kamtza irá entender. Lamentavelmente muitos ainda não aprenderam as lições do passado.
Me pergunto, onde está o Beit Din? 
Não irei me estender. Apenas deixarei desta vez a mensagem de minha filha. A primeira, antes do fechamento da escola e a segunda, escrita para o evento de despedida que aconteceu neste domingo, 4 de dezembro. Seguiremos com um olhar otimista para o futuro confiantes em Hashem.

Que as palavras de minha filha ecoem pelo mundo dos indiferentes.
.




The Fire of Judaism
By Y.E.Y

The fire of Judaism,
Burns brightly within us.
Keeping Jewish people together.
Saving others from harm.

The fire of Judaism.
Withstanding anger and hatred,
Learning in secret,
Living in fear of the World.

The fire of Judaism,
Upholding Hashem’s mitzvot,
Beholding Hashem’s miracles,
Trusting Hashem’s guidance.

The fire of Judaism,
Leads us on
Generations of fear,
We have lived through,
Cycles of hardships,
We have lived through,
Yet our trust in Hashem,
Our God, our master,
Has held us up together,
One mighty nation,
Forever joined,
Living in peace,
Never starting wars.
For the fire of Judaism,
Burns on within us,
Letting us endure,
Those things we have passed.


  

We Never Say Goodbye!
By Y.E.Y.

We never say goodbye,
Neither today nor tomorrow,
Nor in times of sorrow,
We never say goodbye.

We never say goodbye,
Though the flame has turned to embers,
And the last ember has lain to rest,
We never say goodbye.

We never say goodbye,
Through hardships or comfort,
Through floods or droughts,
We never say goodbye.

We never say goodbye,
To Massada, our home,
The one who taught us everything,
We never say goodbye,
And we will never say goodbye!





Monday, December 5, 2011

Dicas práticas de como o paciente gostaria de ser tratado


VOCÊ GOSTARIA DE AJUDAR ALGUÉM QUE ESTÁ ENFRENTANDO UMA DOENÇA SÉRIA, MAS NÃO SABE COMO? ALGUMAS DICAS PRÁTICAS DE COMO O PACIENTE GOSTARIA DE SER TRATADO...

                                               Saint Antony´s Hospital
                                         (Adaptação de M L McAdams)

  • Não me evite. Continue sendo o amigo, a vizinha, o colega de trabalho ou o amante que sempre foi para mim.

  • Você pode me tocar. Um simples aperto de mão ou uma batidinha nos meus ombros demonstra que você continua me querendo bem.

  • Telefone para dizer-me que está trazendo um prato da minha comida favorita e a que horas você está chegando. Traga-o numa vasilha descartável para que eu não tenha que me preocupar com devolução.

  • Na medida do possível, ajude-me a continuar independente no cuidado das minhas necessidades pessoais.

  • Você não precisa concordar comigo o tempo todo só porque estou doente. A única coisa que espero é que continue a respeitar as minhas idéias.

  • Cuide de meus filhos por algumas horas. Às vezes preciso estar só para descansar melhor. Meus filhos podem também estar precisando se distrair um pouco da minha enfermidade.

  • Você poderia ajudar-me levando o meu filho ao dentista ou a algum evento na escola? Poderia passar pela farmácia e apanhar um remédio para mim? Sem dúvida, lhe reembolsarei.

  • Não se sinta constrangido de compartilhar emoções comigo. Chore comigo quando eu chorar e ria quando eu rir. É na partilha dos sentimentos que juntos reverenciamos a humanidade que nos une.

  • Leve-me para dar um passeio, mas por favor respeite minhas limitações.

  • Pergunte-me se estou precisando de alguém que faça alguma compra para mim. As minhas despesas serão pagas, a bondade do seu favor jamais.

  • Por favor, telefone antes de me visitar, mas não se sinta acabrunhado por querer ver-me. Às vezes sinto-me só e preciso de alguém ao meu lado para sentir-me ainda vivo e querido.
  • Permita que eu também celebre os feriados e comemorações anuais, prontificando-se a decorar o quarto do meu hospital ou da minha casa, trazendo pequenas lembranças que me façam sentir grato por continuar vivo.

  • Por favor, não se esqueça da minha família. Quem está doente sou eu, mas provavelmente meus parentes devem estar sofrendo muito também. Ofereça-se para passar uma tarde comigo a fim de que um ente querido possa sair um pouco. Convide-os para fazer algo que distraia.

  • Seja imaginativo! Traga uma mensagem inspiradora, um jornal ou uma revista  para eu ler, uma fita de música para eu ouvir, um poster bonito para mudar o visual da minha parede, uma caixa de bombom para compartilhar com o pessoal do hospital, familiares e amigos.

  • Permita que eu fale sobre a minha doença. Talvez eu precise desabafar. Para saber, pergunte: "Você está a fim de falar como está passando?" E preste atenção aos meus sinais.

  • Não se sinta na obrigação de estar conversando comigo o tempo todo. A gente pode muito bem estar juntos compartilhando a eloquência do silêncio.

  • Ajude-me a melhorar a minha aparência. Eu gosto de ouvir que apesar da doença estou aparentemente bem.

  • Por favor, inclua-me na tomada de decisões. A vida já me tirou tantas coisas... Não  me negue a chance de participar no que está acontecendo com a minha família e saúde. Ainda estou vivo!

  • Não evite conversar comigo sobre o futuro: o amanhã, a próxima semana, mês, ano. A esperança é tão importante para mim...

  • Mostre-me uma atitude positiva. Ela é contagiosa. Converse comigo sobre as novidades do momento. Conte-me o que está acontecendo no mundo. Compartilhe comigo artigos engraçados, fotos e notícias dos amigos.

  • Envie um cartão engraçado para mim.

  • Diga-me que estou no seu pensamento e orações.

  • Insista que posso contar com você. Porém, quando me prometer alguma coisa, honre a sua palavra.

  • Se souber de alguma coisa que possa ser útil para mim, diga-me, mas por favor não insista para que eu a aceite ou faça cobranças de mim.

  • Não é preciso exagerar nas suas demonstrações de carinho e dedicação para comigo. O importante é ser espontâneo, mantendo o seu apoio enquanto eu continuar precisando.


Caso os gadgets não apareçam, por favor clique aqui para acessar outros posts do blog.